Lazer

Viagem à "Bélgica"

De 27 de abril a 1 de maio de 2019
Inscrições fechadas

Programa:

. 27 de abril (Lisboa > Bruxelas) - Comparência no Aeroporto da Portela 120 minutos antes da hora de saída. Formalidades de embarque e às 07h00 partida em voo regular da TAP com destino a Bruxelas. Chegada pelas 10h40. Como capital da Bélgica e da União Europeia, Bruxelas oferece o melhor de vários mundos: de arquitetura gótica ao Art Nouveau, a partir de locais de interesse histórico, como o Arco do Triunfo, no Parque Jubileu, o Palácio de Justiça e o Atomium, ícone de modernidade, que foi construído para celebrar a Exposição Universal Expo 58 (subida no elevador para vista de 360º). Passagem pelo Park Cinquentenaire na região denominada Quartier Européen. Neste bairro passamos por edifícios conhecidos e importantes como o Conselho Europeu, o Comité Económico e Social Europeu e o Parlamento Europeu. Continuação da visita de cidade com passagem pela Grand Place, berço medieval de Bruxelas, Catedral de St. Michel e, claro, uma viagem a Bruxelas não estaria completa sem passar na estátua clássica de Manneken Pis e o grandioso Palácio Real. Almoço em restaurante junto da Grand Place. Visita de um fabricante de chocolate belga com degustação. Continuação para o Hotel Marivaux 4**** ou similar. À noite, saída para jantar em restaurante. Regresso ao hotel e alojamento.

. 28 de abril (Bruxelas > Gant > Brugges > Bruxelas) - Após o pequeno-almoço, saída com destino a Gant. Visita durante a manhã da cidade passando por: Belfort e a St. Niklaaskerk / Korenmarkt, a praça que foi outrora o mercado de cereais da cidade; Koren Munt, pequena ponte (Vleeshuisbrug) sobre o rio Leie; Pensmarkt e Ponte Grasbrug. Passagem por Vrijdagmarkt, a Stadhuis (Câmara Municipal) e visita da St-Baafskathedraal, a catedral gótica de S. Bafon da cidade de Gant. Aqui numa capela lateral encontra-se "A Adoração do Cordeiro Místico" (também conhecido como o "Retábulo de Gante"), de Jan van Eyck. Continuação para Brugges. Chegada e almoço em restaurante. De tarde, visita da Onze Lieve Vrouwewerk (Igreja da Nossa Senhora), vistas dos canais do Rio Dijver e visita ao Centro de Rendas de Bilros. Continuação para a Stadhuis, ou Câmara Municipal, e a Basílica do Sangue Sagrado (Heilig Bloed Basiliek). Passeio de barco nos canais e visita do Markt, a principal praça da cidade dominada pelo Belfort (campanário), onde estava guardada a carta da cidade. Regresso a Bruxelas. Jantar no hotel ou em restaurante. Alojamento no hotel.

. 29 de abril (Bruxelas > Antuérpia > Bruxelas) - Após o pequeno-almoço no hotel, saída com destino a Antuérpia, conhecida internacionalmente pelo comércio de diamantes, sendo um dos principais pontos de comercialização a lapidação das pedras, além de abrigar um dos maiores portos da Europa, banhado pelo Rio Escalda. Visita da cidade com visita do Museum aan de Stroom (MAS), que possui um pavilhão apartado em homenagem aos diamantes da cidade. Visita da Catedral de Nossa Senhora (Onze-Lieve-Vrouwekathedraal) que guarda joias das pinturas de Rubens. Muito foi destruído e pilhado pelos calvinistas durante a reforma protestante, mas algumas obras-primas restaram intactas. O seu campanário é considerado Património Mundial da UNESCO. Visita do centro histórico bem como da Igreja de Santo Carolus Borromeus, consagrada em 1625, e conhecida pelo seu teto com 39 obras de Rubens. Continuação para visita da Igreja de S. Paulo e da Casa de Rubens, onde o pintor viveu e trabalhou por mais de 25 anos. A casa foi toda projetada por ele e no seu interior possui um pequeno museu com algumas obras do artista, além de um belo jardim no pátio interno. Almoço em restaurante e visita com degustação da Fábrica de Cerveja de Koninck fundada em 1833. É a cervejaria da cidade de Antuérpia. Após as visitas, regresso a Bruxelas. Jantar no hotel ou em restaurante e alojamento.

. 30 de abril (Bruxelas > Malines > Leuven > Bruxelas) - Após o pequeno-almoço no hotel, saída para visita de dia inteiro a Malines e Leuven. Chegada a Malines que hoje em dia é conhecida mundialmente pelos seus carrilhões e tapeçarias. Visita da cidade com o seu Grote Markt, protegido por edifícios históricos como o Município, a Catedral de São Romualdo e a sua torre imponente, onde se encontram instalados os famosos carrilhões, declarados, pela UNESCO, Património da Humanidade. Continuação para Leuven. Chegada e almoço em restaurante. De tarde, visita da cidade com visita da Câmara, um dos prédios mais bonitos da Bélgica (visita possível até às 15h00). Visita da Catedral, dedicada a S. Pedro e ainda da Beguinaria de Leuven (agrupamento de pequenas construções usadas pelas Beguinas, que eram mulheres religiosas, da Igreja Católica Romana, que serviam a Deus retirando-se do mundo). A de Leuven data do século XIII e chegou a ter 360 beguinas no seu apogeu, no século XVII. Hoje as casas são ocupadas por estudantes, professores e funcionários da Universidade Católica de Leuven. As Beguinarias da Bélgica e Holanda entraram para a lista de Patrimônio Mundial da UNESCO em 1998. Regresso a Bruxelas e jantar de despedida em cervejaria. Alojamento no hotel.

. 1 de maio (Bruxelas > Maastricht > Lisboa) - Após o pequeno-almoço, check-out do hotel e partida para Maastricht. Após chegada, visita da cidade com visita das basílicas de Nossa Senhora e São Servácio assim como passeio pelas cavernas seculares, resultado de anos de mineração. Passeio de barco pelo Rio Mosa. Visita do pequeno centro da cidade e da livraria Selexyz Dominicanen: foi considerada já pelo The Guardian uma das mais belas da Europa. A Igreja Dominicana de Maastricht começou a ser construída em 1260, no estilo gótico. Em 1794 foi danificada no cerco dos franceses e, dois anos depois, já na ocupação francesa, todo o serviço espiritual foi suspenso, e a ordem religiosa que ainda restava, banida. Desde o começo do século XIX teve diversos usos, inclusive escola, depósito municipal e estacionamento de bicicletas. Foi restaurada e, em 2006, a Selexyz comprou o prédio e transformou-o em livraria. Almoço em restaurante. De tarde, visita continuação para o Aeroporto de Bruxelas para embarque no voo de regresso com partida às 20h30. Chegada a Lisboa, às 22h20, ao Aeroporto Humberto Delgado. Fim da viagem.

A 18 de fevereiro informaremos os Associados cujas inscrições forem consideradas (não será válida qualquer inscrição não confirmada pelo Clube Millennium bcp).

PDF (Arquivo)

Publicado em 24/01/2019 (Atualizado em 16/02/2019)