Lazer

Viagem a Barcelona

De 25 a 28 de abril de 2020
Inscrições fechadas

Programa

. 25 de abril (Lisboa > Barcelona): Comparência no Aeroporto de Lisboa 120 minutos antes do horário do voo. Formalidades de embarque acompanhadas pelo representante Tryvel. Partida às 09h05. Chegada ao Aeroporto de Barcelona às 12h00. Assistência e transporte para o restaurante Los Caracoles para almoço. De tarde, início da visita da cidade com visita do centenário Palau de La Música Catalana, uma magistral obra do arquiteto Lluís Domènech i Montaner, listado como Património da Humanidade pela Unesco. Continuação da visita pela Praça da Catalunha e pelas Ramblas, um calçadão arborizado e bem movimentado, que vai do coração da cidade ao porto. Paragem no mercado La Boqueria. Continuação pelo amplo espaço da Plaça Reial, antes de entrarmos nas sombras do Barri Gótic. Na nossa rota passaremos por alguns marcos obrigatórios, como a Plaça Sant Jaume, onde fica o Palácio de la Generalitat. Continuação para visita da Catedral de Barcelona, em estilo gótico, e construída do século XIII ao XV sobre a antiga catedral românica. Esta, por sua vez, foi edificada sobre uma igreja da época visigoda. A esta precedeu uma basílica paleocristã, cujos restos podem ser vistos no subsolo, no Museu de História da Cidade. A fachada de estilo neogótico, entretanto, é muito mais moderna, do séc. XIX. Continuação para o Hotel Cristal Palace 4**** ou similar e check-in. Ao final do dia, partida para o Monte de Montjuic com passagem pelo Estádio Olímpico (que foi originalmente construído para a Exposição Internacional de Barcelona de 1929 e em 1989 reconstruído para os Jogos Olímpicos de Verão de 1992), para jantar no Restaurante Font de Prades no Pueblo Espanhol. Este Pueblo foi também construído para a Exposição Internacional de Barcelona de 1929, foi dedicado à arte e converteu-se numa síntese de arquitetura e urbanismo espanhóis. Regresso ao hotel e alojamento.

. 26 de abril (Barcelona > Figueres > Girona > Costa Brava > Barcelona): Pequeno-almoço. Partida para Figueres, local onde visitaremos o Museu do Salvador Dalí (1904-1989). Continuação para Girona com visita da sua Catedral consagrada a Santa Maria e que se encontra no ponto mais alto da cidade de Girona possuindo a nave gótica maior do mundo, com um tamanho total de 22,98 metros. Almoço no restaurante Tomarquet. Segue-se o Bairro Judeu (ou Call Jueu), que não só é o mais bem conservado de Espanha como um dos mais interessantes da Península Ibérica, mantendo ainda toda a atmosfera da comunidade sefardita que ali viveu durante 600 anos, até 1492. No meio do labirinto de vielas e escadarias do antigo bairro judeu fica o Centre Bonastruc, que conta a história dos judeus de Girona, expulsos no fim do século XV, depois de obrigados a viver confinados em um gueto na cidade. Após a visita continuamos para o Mosteiro de San Pedro de Galligans, antiga abadia beneditina construída em 1130 e que abriga desde 1857 a sede em Girona do Museu de Arqueologia. Continuação para a "Costa Brava", assim chamada desde o princípio do século XX, tendo sido atribuído pelo escritor Ferran Agulló, impressionado pela beleza deste lugar, das suas paisagens, das suas rochas e do seu mar bravo. Regresso ao hotel pelo final da tarde. Jantar no hotel e alojamento.

. 27 de abril (Barcelona > Montserrat > Barcelona): Pequeno-almoço. Parte da manhã livre. Em hora a indicar, partida para o Mosteiro de Montserrat, construído na rocha e de onde se tem uma espetacular vista da montanha, Gruta Sagrada (Santa Cova) e vale Llobregat. Encontra-se envolto em lendas e mistérios. A visita começa com uma subida de teleférico pela encosta da montanha até ao Mosteiro. Visita da Basílica e descida até à Gruta Sagrada, onde se encontra uma estátua da padroeira da Catalunha: a Virgem Negra. Almoço no restaurante. Após o almoço, visita do Museu de Montserrat, com destaque para a parte antiga que inclui ruínas arquitetónicas dos ermitérios na montanha e alguns quadros de El Greco e Caravaggio. Após a visita, regresso ao hotel em Barcelona. Jantar com espetáculo de Flamenco no Palácio del Flamenco onde alguns dos maiores nomes do flamenco se apresentam. Assista a um grupo de flamenco reconhecido internacionalmente e descobrirá por que essa dança espanhola tradicional é tão popular. Regresso ao hotel e alojamento.

. 28 de abril (Barcelona > Lisboa): Pequeno-almoço e continuação da visita de Barcelona pelo Paseo de Gracia, onde podemos ver La Manzana de la discordia, que é o nome que recebe um trecho do Paseo de Gracia situado entre as Calles de Aragon y Consejo de Ciento. Aqui, no Paseo de Gracia, podemos admirar dois dos mais grandiosos edifícios de Gaudí: a Casa Batlló (exterior) e a Casa Milà ou La Pedrera (visita). Este fantástico prédio foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO. Foi a última obra que realizou antes de se dedicar à Sagrada Família, cuja visita será efetuada seguidamente. É o ex-libris da cidade, embora incompleta. A maior obra de Gaudí, é a igreja menos convencional da Europa, com fachada de diversos estilos arquitetónicos. Almoço no restaurante La Rita. De tarde, visita ao Parque Güell, outra das obras-primas de Gaudí e declarado Património da Humanidade pela UNESCO. Além disso, abriga a Casa-Museu Gaudí, localizada no centro do parque e onde Gaudí viveu entre 1906 e 1926. Ainda no Parque, visita do Palácio Güell, que foi construído entre 1885 e 1890 no estilo modernista catalão. De tarde, antes de partir para o aeroporto, passagem ainda pela Praça de Touros Monumental de Barcelona. Chegada ao aeroporto e assistência às formalidades de embarque. Partida às 20h20, com destino a Lisboa em voo da TAP. Chegada a Lisboa, às 22h40, ao Aeroporto Humberto Delgado.

Oportunamente informaremos os Associados cujas inscrições forem consideradas (não será válida qualquer inscrição não confirmada pelo Clube Millennium bcp).

PDF (Arquivo)

Publicado em 17/01/2020 (atualizado em 18/02/2020)