Clube

Hortas em sua Casa I

Fique com algumas dicas do Clube Millennium bcp
#Fiquealerta #Estamosjuntos

Lembra-se do cheiro a terra molhada numa tarde de verão? Do cheiro a hortelã ou a morangos frescos na primavera? A beleza do limoeiro e a frescura que nos transmite? A possibilidade de poder colher uma estaladiça e verde alface que semeou? E se aliarmos a estes prazeres os benefícios de uma produção hortícola, biológica e saudável?

É este o desafio que lhe estamos a propor: Cultivar as suas plantas aromáticas, medicinais ou hortícolas... em casa! Com a ajuda de produtos ecológicos e naturais!

Uma das grandes vantagens de ter a sua própria horta orgânica é ter a certeza de que os frutos, ervas e plantas colhidas não perdem os nutrientes naturais e num espaço reduzido todos os factores externos são melhor controlados, e por essa razão menos propícios a pragas e plantas invasoras.

Não pretendemos com este artigo alargarmo-nos nos cuidados com as produções hortículas (ficará para outra oportunidade), mas sim facilitar e incentivar a produção de uma pequena horta ecológica, disponível para qualquer um!

1 - Onde plantar

O mais importante é garantir que o local tenha luz solar direta, com pouca exposição ao vento (as plantas não gostam de vento) e de acesso fácil. A maior parte das plantas precisa de pelo menos 4 horas diárias de exposição solar e se for possível, o sol da manhã ou do fim da tarde. A horta pode estar no chão, na parede ou até pendurada, a criatividade é o limite, tendo em conta o espaço que cada tipo de planta precisa para desenvolver e crescer:

. Vasos - são alternativas práticas para ter em casa, com várias opções de tamanhos, materiais, formatos e cores;
. Horta vertical - ideal para quem mora em apartamentos, este modelo consiste em montar a horta, aproveitando espaços próximos a paredes. A horta vertical pode ser plantada em vasos, embalagens recicladas, estruturas de madeira, entre outras;
. Floreiras - oferecendo um bom espaço, as floreiras são ótimas para uma horta compacta em pequenos espaços;
. Caixas de madeira - espaçosas e baratas, caixotes de madeira e paletes podem ser boas escolhas;
. Embalagens recicladas - garrafas, latas de refrigerante ou de alimentos, caixas de leite ou frascos de vidro. É uma forma barata, rápida e sustentável;
. Diretamente na terra - para quem tem quintal com espaço, nesse modelo tradicional, as sementes ou as mudas são plantadas diretamente na terra.

Notas breves: A maior parte das ervas e vegetais precisa de ser plantada num recipiente com alguma profundidade. Cuidado ao misturar as espécies: o ideal é juntar plantas com características comuns, com a mesma necessidade de água e tipo de terra adequado. No mesmo vaso, poderá plantar poucos tipos de plantas, observando a distância entre elas. Numa floreira já poderá plantar maior variedade de espécies porque o espaço costuma ser maior.

2 - Como e quando regar

A rega deverá ser feita em horários em que o sol não esteja muito forte: a evaporação devido ao calor vai prejudicar a alimentação das plantas. Verifique a quantidade ideal para cada espécie: o excesso de água aumenta a possibilidade da proliferação de doenças. Para evitar que fiquem encharcadas, os recepientes devem ter furos que auxiliem o escoamento da água. Uma boa dica é tocar na terra e certificar-se que não está muito húmida.

3 - Manutenção

Retire as folhas secas e amareladas das ervas e revolva a terra com regularidade e com cuidado, para não danificar as raízes durante a operação. A horta, em vasos, dura de seis meses a um ano. Passado esse período, troque a planta por outra. Os adubos orgânicos são mais indicados que os químicos e poderá fabricá-los em casa com cascas de ovo, borras de café e cascas de fruta trituradas. As cascas de ovo são ricas em cálcio, potássio e magnésio. Esmague-as e reduza-as a farinha que poderá adicionar à terra dos vasos ou ao solo da sua horta. É recomendado adubar a sua horta pelo menos duas vezes por ano. Mas também aqui depende da espécie das plantas. Use o vinagre de vinho branco que poderá ser considerado um herbicida, para afastar pragas e plantas invasoras.

4 - O que plantar em casa

Na escolha das plantas que vai cultivar é importante saber que tipos de hortaliças, frutas, ervas ou temperos são adequados ao espaço de que dispõe. Poderá optar por sementes cuja plantação é mais demorada ou transplantar as mudas, o que já requer menos tempo de cultivo e menos tempo para o desenvolvimento da planta. É o ideal no caso da alface, por exemplo. Além disso, de uma maneira geral, as mudas podem ser plantadas em qualquer período do ano. No caso das sementes, a época ideal varia de acordo com a espécie.

Publicado em 04/06/2020