Clube

Onde fica a Solidariedade em tempos de Covid-19?

Julgamentos, preconceitos e egoísmo não devem estar na lista de hábitos de higiene
#Fiquealerta #Estamosjuntos

Onde fica a Solidariedade em tempos de Covid? Julgamentos, preconceitos e egoísmo não devem estar na lista de hábitos de higiene para prevenir a Covid-19.

É proibido tossir!

Basta alguém engasgar-se e as pessoas à volta abrem logo os olhos. Não importa se a pessoa tem uma simples virose ou até rinite, tão comum nesta época do ano. O pânico coletivo é a senha para os olhares preconceituosos. Temos de respeitar o vírus, sim. Temos de estar alerta, sim. Cada um tem de fazer a sua parte na prevenção. Julgar e ser preconceituoso não está no rol das atitudes de higiene, às quais devemos aderir para prevenir o contágio pelo novo coronavírus. Seguir as orientações de prevenção é obrigatório para evitar um estado de calamidade, como o que vimos em Itália e na China. A questão é realmente séria: merece muita atenção e todos os cuidados recomendados, mas isso não quer dizer que devemos aderir ao medo e ao pânico, como assistimos nalgumas cidades, nos últimos dias. Em momentos de crise, a solidariedade e a empatia são sentimentos que devem nortear as atitudes individuais para um bem-estar coletivo.

Segundo a DGS o importante é: "lavar as mãos, manter as mãos longe do rosto e observar outras práticas de higiene", é a melhor forma de nos protegermos. É preciso também ter cuidado para não disseminar o preconceito entre as crianças.

Falar sobre o assunto em casa é preciso, mas sem ser alarmista, porque o medo de um adulto pode afetar crianças e adolescentes. Diante de tanta informação, as crianças e os jovens podem fantasiar sobre o tema, ficarem ansiosos, com medo. A hora agora é de ser consciente, colaborar com a prevenção individual e coletiva, orientar os mais novos, proteger os idosos e ser solidário. Juntos é que conseguiremos o êxito tão desejado! 

Nota: O Clube não tem qualquer interesse direto ou indireto nas marcas e/ou empresas e/ou entidades indicadas.

Fonte: Adaptado "GrupoAbril" - 2020.

Publicado em 29/07/2020