Cultura

Espetáculos de Filipe La Féria em direto no Facebook do Teatro Politeama

E que tal uma ida ao teatro?
#Fiqueemcasa #Estamosjuntos

Apresentamos a programação das fantásticas produções Filipe La Féria, às quais poderá assistir, sem sair de casa e sem custos, nos dias e horas indicadas, bastando para tal aceder às transmissões em direto na página de Facebook do Teatro Politeama.

"O Musical da Minha Vida" - Até 17 de abril de 2020 (21h30)

Sinopse: É a aventura maravilhosa da vida de Filipe La Féria e da sua paixão pelo teatro e pela música e por todas as formas de arte. Desde a infância, no Alentejo, até à realização dos sonhos mais ambiciosos, alguns mesmo impossíveis. "O Musical da Minha Vida" também é a História do nosso país desde os anos cinquenta até aos nossos dias. Os mitos de La Féria, as suas vedetas, os filmes que o marcaram, o teatro, a música e a literatura são o ponto de partida para uma viagem que é afinal a viagem de todos nós.

"Sítio do Picapau Amarelo" - De 16 a 19 de abril (15h00)

Sinopse: Viver no Sítio do Picapau Amarelo é viver num país distante e diferente dos outros, um país onde nem tudo é o que parece, onde as bonecas de trapo falam e os viscondes feitos de barbas de milho são cultos e sabedores, é viver num país de sonho onde todos os nossos sonhos são possíveis apenas porque assim o desejamos. É precisamente nisso que os habitantes do Sítio do Picapau Amarelo querem que acreditemos, no sonho e na magia que nos fazem viver o nosso dia a dia.

"O Principezinho" - De 19 a 20 de abril (21h30)

Sinopse: É uma obra de arte aparentemente simples mas apenas aparentemente. É profunda e contém todo o pensamento, a sensibilidade e a filosofia de Antoine de Saint-Exupéry. Apresenta personagens plenas de simbolismos: o Rei, o Homem de Negócios, a Raposa, a Flor, o Vaidoso Solitário, a Serpente, entre outros. "O Principezinho" é um conto muito belo e de deslumbrante poética que nos mostra uma profunda mudança de valores e nos ensina como nos equivocamos na avaliação do mundo e das pessoas que nos rodeiam e como esses julgamentos nos levam à solidão.

Nota: O Clube não tem qualquer interesse direto ou indireto nas marcas e/ou empresas indicadas.

(Fonte: Teatro Politeama)

Publicado em 16/04/2020