Cultura

Clube Millennium bcp realiza nova visita ao Museu de Cerâmica de Sacavém

Quem sabe se os nossos Associados não descobriram que em casa também há uma valiosa jarra que era de um familiar...

No sábado, dia 19 de janeiro, três dezenas de Sócios participaram naquela que foi a segunda visita, no espaço temporal de quinze dias, ao museu edificado no sítio onde foi a antiga fábrica da loiça e da cerâmica de Sacavém, para preservar as suas memórias, e onde puderam ver muitas peças ali fabricadas durante cerca de dois séculos.

E, no decorrer da visita, alguns lembraram-se que lá por casa havia (ou terá havido) qualquer "coisa" igual e não imaginavam quão valiosa era essa "coisa".

Dos 22 fornos, que em certa altura da vida daquela unidade industrial existiram no complexo, resta, para memória, o forno número 18, onde está exemplificado o método como os operários controlavam "o ponto" da temperatura do forno numa época em que não havia termómetros adequados àquela função.

Se a esta visita tivessem ido os mesmos Sócios da anterior, e fossem os Associados colaboradores da área comercial, teriam tido um bom exemplo de como um produto, que sendo exatamente o mesmo mas apresentado ao cliente por duas pessoas diferentes, nem parece bem o mesmo.

E fica um alerta para todos os Associados terem presente, que quando lhes chegar às mãos algum prato, ou qualquer outra peça de cerâmica que era duma avó, vejam se o mesmo foi feito na Fábrica de Sacavém. Se foi, não é para ir para o lixo.

Para ver mais fotos desta visita, clique aqui.

Publicado em 21/01/2019