Cultura

Exposição "Memórias de Lisboa Medieval" na Torre do Tombo

Visita permitiu dar a conhecer o rico património documental sobre a Idade Média...

Esta exposição leva-nos a recuar até uma Lisboa que já não existe, mas de que ainda há vestígios, quer nas construções, quer na toponímia da cidade. A Rua das Atafonas, das Alcaçarias, Beco do Pocinho, Beco do Alfurja e Beco do Surra são sítios por onde ainda passamos quando andamos por Alfama, os quais nos remetem para esses tempos passados.

Há um vasto espólio de elementos, como sejam um marco que delimitava o termo da cidade, peças de artesanato, sistemas de medidas, algumas já duma época mais recente e que alguns de nós ouvíamos falar dos nossos avós, como sejam o salamim. E muitos documentos, como o pergaminho que muito foi falado ultimamente por ter sido leiloado na plataforma OLX e adquirido pela Torre do Tombo, assim como vários códices que também ali estão expostos.

Há umas quantas fotografias a mostrar o que foi essa Lisboa medieval, algumas das quais nós identificamos, pois são do Núcleo Arqueológico da Rua dos Correeiros.

A guiar-nos, no dia 28 de maio, tivemos o comissário da exposição, o que foi, e é sempre, uma mais valia para este tipo de trabalho. E para quem não pôde ir à visita guiada, pode ficar com uma ideia vendo algumas fotos que tirámos. Poucas, porque não é permitido fotografar com flash (clique aqui).

Publicado em 29/05/2019