Desporto

7.ª jornada da Série A do XIII Campeonato Nacional de Futsal

Two Left Feet (3) vs (5) MG Foot; WTFall (3) vs (3) Craques da Bola; Millindividuais (3) vs (1) Foot a Mill

Two Left Feet - 3 vs MG Foot - 5

Num jogo onde a equipa da Marinha Grande corria atrás de um resultado positivo, para ainda ter a possibilidade no acesso à fase seguinte da competição, entrou no jogo de uma forma cautelosa uma vez que desconhecia a forma de jogar do adversário, optando por lances de contra-ataque, pois os Two Left Feet ao longo das jornadas anteriores foram uma equipa que mesmo apesar de terem uma média de golos marcados alta, também tinham muitos golos sofridos.

O 1.º golo da equipa forasteira aconteceu naturalmente nos primeiros 5 minutos, tendo a equipa da casa empatado quase de seguida num livre. Com o empate, os MG Foot pressionaram e acabaram por fazer mais 3 golos, sendo que a 25 segundos do fim da 1.ª parte os Two Left Feet reduziram a desvantagem para 2-4.

A segunda parte já foi um jogo diferente, mais aberto, mais equilibrado e com diversas oportunidades de golo para ambas as equipas. A equipa Two Left Feet apostou na pressão, pois uma vitória assegurava-lhe o 1.º lugar no grupo e serem campeões de série, pelo que a meio da 2.ª parte reduziram para 3-4, o que provocou ainda mais pressão nas balizas de ambas as equipas, com os Two Left Feet a enviarem algumas bolas ao poste e os MG Foot a não conseguirem marcar em lances fáceis de concretizar.

Já nos últimos minutos houve um "ajuste técnico" na equipa forasteira, que provocou que defendesse melhor e novamente num lance de contra-ataque "matou" o jogo com o 5.º golo. Até ao final do jogo mais nada especial se passou, acabando a equipa da casa por aceitar o resultado final.

Com este resultado, apurava-se a equipa MG Foot para a passagem para os quartos de final, mas ainda faltava um jogo da jornada em que os Millindividuais não podiam ganhar contra os Foot a Mill, sendo que, até o empate servia à equipa da Marinha Grande, mas já perto do final, com o jogo empatado, os Millindividuais acabaram por marcar 2 golos, ganhar o jogo e desta forma apurarem-se para a fase seguinte da competição.

Acabada esta fase, como delegado da equipa MG Foot, não era esta a classificação que ambicionávamos pelas provas já dadas como equipa em edições anteriores, mas os erros pagam-se caros e ficámos pelo caminho! Desejamos as maiores felicidades às equipas apuradas e para o ano cá estaremos de certeza para lutar para um outro resultado!

WTFall - 3 vs Craques da Bola - 3

Na noite de 5 de abril de 2019 decorreu a 7.ª e última jornada da Série A - Lisboa do XIII Campeonato Nacional de Futsal no Pavilhão da Cidade Universitária, em Lisboa, que opôs o 6.º classificado, WTFall,  e o 2.º classificado, Craques da Bola.

O jogo começou muito equilibrado, ao contrário do que era de esperar, uma vez que a equipa visitante tinha oportunidade de chegar ao primeiro lugar. Um jogo muito tático, com a equipa da casa a dar boa réplica aspirando ainda conseguir a qualificação, muitos passes falhados, algumas oportunidades desperdiçadas e que fizeram uma primeira parte pouco interessante, do qual é representativo o nulo ao intervalo.

A 2.ª parte começou com um ligeiro ascendente da equipa Craques da Bola, entrando mais concentrada e assertiva, conseguindo logo aos 3 minutos a vantagem. Com o golo a equipa cresceu, conseguindo a espaços alguma qualidade, mas continuando a demonstrar falhas ao nível do passe e da finalização, que lhe iam custando a vantagem, uma vez que a equipa WTFall, aproveitando a subida da equipa adversária, ia tentando em contra-ataque chegar ao golo; mesmo assim, 5 minutos depois, aos 28, os Craques da Bola voltaram a marcar, aumentando a vantagem para 2 golos. Com a vantagem a equipa visitante desconcentrou-se, voltou a cometer muitos erros, que foram muito bem aproveitados pelos WTFall, que em 2 minutos, aos 30 e 31, marcam 2 golos conseguindo o empate a pouco mais de 9 minutos do fim.

Com o empate, a equipa técnica pediu desconto de tempo, no sentido de resfriar o jogo, e podendo voltar a equipa a entrar concentrada, o que foi conseguido, uma vez que estabilizaram o seu jogo e conseguiram mais um golo aos 36 minutos. A equipa WTFall, fruto do ascendente dos Craques da Bola, foram cometendo faltas tendo aos 36 minutos atingido as 5 faltas técnicas, mas também nunca desistiram e determinados lutaram até ao fim, conseguindo o empate aos 37 minutos, fruto do seu esforço. Até ao final o resultado não se alterou, registando-se um empate justo face ao que decorreu durante os 40 minutos.

Millindividuais - 3 vs Foot a Mill - 1

No passado domingo, 7 de abril, decorreu no pavilhão do Estádio Universitário, em Lisboa, o jogo de futsal entre as equipas Millindividuais e Foot a Mill a contar para a 7.ª jornada do XIII Campeonato Nacional de Futsal do Clube Millennium bcp.

Neste último jogo da Série A muito ainda se jogava, pois em caso de vitória os Millindividuais ficariam apurados para a fase seguinte. Quanto aos Foot a Mill, numa época bastante atípica e abaixo das expetativas nada mais estava em jogo senão a honra e a verdade desportiva.

Os Millindividuais, como seria esperado, iniciaram o jogo num domínio avassalador, buscando o golo de todas as formas. No entanto, a defesa dos Foot a Mill não se deixou ultrapassar durante esta pressão inicial da equipa contrária. Por volta dos 7 minutos dá-se uma mudança na tendência do jogo com os Foot a Mill a terem o domínio e com constantes e seguras trocas de bola construíram algumas oportunidades de golo, incluindo uma bola ao poste, mais uma, a 8.ª neste campeonato. Como é habitual, quem não marca sofre. Aos 18 minutos, Bruno Santos conclui da melhor forma um passe rápido do seu guarda-redes e coloca o placard com 1-0 para os Millindividuais.

No reatamento, os Foot a Mill tentaram por tudo dar a volta ao resultado e, aos 30 minutos, Carlos Santos alcança o merecido empate para a sua equipa. No entanto, o golo sofrido foi um despertar para os Millindividuais que necessitavam da vitória para se apurarem e, aos 33 minutos de jogo, num brilhante movimento de rotação, Bruno Santos marca novamente e coloca o marcador em 2-1 favorável para os Millindividuais. Na ponta final do jogo, e já com os Foot a Mill a jogarem com o 5 na frente, André António, num remate a longa distância confirmou os três pontos e respetivo apuramento para a sua equipa, terminando o jogo com o resultado final de 3-1 para os Millindividuais.

Em conclusão, num excelente e emotivo jogo de futsal, os Foot a Mill dignificaram o merecido apuramento dos Millindividuais.

Clique aqui para aceder à classificação da jornada.

Publicado em 15/04/2019