Desporto

Atletas do Clube em grande evidência no Troféu Turres Trail ao conquistarem os lugares mais altos do pódio

Manuel Rodrigues e Hélder Baptista destacaram-se ao marcarem presença no pódio do escalão M50 em todas as provas do circuito

O Trail Run do Maxial e Matacães, prova disputada no passado dia 9 de dezembro, encerrou o Troféu Turres Trail 2018. A organização brindou os participantes com 7 provas de puro trail, onde os trilhos técnicos e a muita altimetria foram sempre uma constante em todas as provas, com o Hard Trail de Montejunto a ser a prova mais exigente, com um percurso de 38 km e com mais de 3.000m de altimetria de constante sobe e desce.

Em todas as provas estiveram presentes vários atletas do Clube Millennium bcp, com particular destaque para Manuel Rodrigues e Hélder Baptista que disputaram o troféu da primeira à última prova, nunca falhando qualquer prova e marcando presença no pódio do escalão M50 em todas as provas. Por vezes um, por vezes o outro e chegando mesmo os 2 a alcançarem o pódio no Extreme Trail dos Cucos.

O balanço final não podia ser mais positivo já que ao 1.º e 2.º lugares finais do escalão M50 conquistados por Manuel Rodrigues e Hélder Baptista, respetivamente, conseguiram juntar ainda o 2.º e 3.º lugares da classificação geral, demonstrando que tanto um como o outro ainda conseguem dar luta aos mais novos quando as dificuldades aparecem. Nesta última prova, o Clube foi ainda a equipa com mais atletas à partida.

Aceda aqui à classificação final do Circuito.

Relato de Hélder Baptista

Terminou no passado domingo o Troféu Turres Trail, com prova disputada entre as freguesias de Maxial e Matacães nas distâncias de 15 e 25 km, que contou à partida (e como quase sempre também à chegada) com 8 atletas do Clube.

Ambas as provas começaram às 9 horas com temperatura baixa e sol a espreitar de vez em quando. Como sempre, neste troféu, a organização brindou-nos mais numa vez com uma prova de altimetria considerável face à distância (aprox. +1200), sendo unânime entre os atletas que esta foi a prova mais rolante do troféu, daí a explicação para os 1.ºs tempos finais.

Sobre a minha participação nesta prova, destaco o momento em que alcancei o Manel Rodrigues (sensivelmente no início do 2.º terço da prova), que se veio a mostrar fulcral no desenrolar da mesma e até final, contagiando-me com a sua combatividade, levando-me a impor ritmo rápido e constante até ao resultado final. Escusado seria dizer que só com a sua companhia e incentivo me foi possível chegar ao resultado alcançado.

Destaco a participação dos restantes atletas que também eles ficaram agradados com o figurino desta prova, continuando-se a respirar sã camaradagem e entreajuda entre os elementos do Clube.

Aceda aqui às classificações dos atletas presentes nesta última prova.

Publicado em 17/12/2018